MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
Morador de Mauá é sorteado em R$ 100 mil
PRÓXIMA NOTÍCIA
Rua Edson Erasmo da Silva recebe obras de interligação do sistema de esgoto
quarta-feira, 19 de setembro de 2018
São Bernardo vai à Justiça por iluminação na Via Anchieta
 Ação do município exige da Ecovias restabelecimento dos postes retirados na rodovia, conforme mostrado ontem pelo Diário. Foto: Celso Luiz/DGABC
A Prefeitura de São Bernardo, por meio da Procuradoria-Geral do Município, entrou ontem com recurso na Justiça para garantir que a Ecovias – concessionária responsável pelo SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) –, faça imediatamente o restabelecimento da iluminação entre o km 18 e o km 23 da Via Anchieta. A medida, conforme a administração, visa garantir a segurança viária de 70 mil motoristas que trafegam diariamente pelo trecho.

Conforme mostrado ontem pelo Diário, desde o início do ano parte da rodovia está sem iluminação, o que tem colocado em risco usuários que circulam pela Via Anchieta. Segundo motoristas, os postes que estavam instalados na estrada foram retirados durante obras de construção de nova marginal na rodovia.

Embora a intervenção tenha sido concluída no fim do mês passado, o restabelecimento da iluminação ainda não foi feito. A previsão da Ecovias é que o serviço seja concluído no fim de outubro.

O instrumento de agravo apresentado ontem pela Prefeitura de São Bernardo, segundo o secretário de Transportes Delson José Amador, visa recorrer de decisão emitida nesta semana pelo juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da 1ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo, que indeferiu pedido feito pelo município na sexta-feira para que a Ecovias fizesse os devidos reparos para restabelecimento da iluminação.

“A reportagem publicada pelo Diário evidencia que existe risco aos usuários que circulam pela Via Anchieta. Ou seja, a decisão do juiz ao nosso ver precisa ser revista. Anexamos a reportagem ao processo e vamos aguardar nova decisão”, explica o secretário.

Além do material, José Amador diz ainda ter encaminhado levantamento feito pela Secretaria de Saúde que evidencia o alto volume de acidentes na rodovia. Dados da Prefeitura de São Bernardo apontam que entre julho e agosto deste ano pelo menos 20 vítimas de acidentes na Via Anchieta foram atendidas no PS (Pronto-Socorro) Central do município. “São casos de pacientes envolvidos em acidentes graves e que foram atendidos na nossa rede, conforme ocorre nesses casos”, afirma José Amador, ao sugerir que a falta de iluminação pode estar impulsionando este número. “A Prefeitura está cumprindo seu papel de garantir a segurança dos moradores que circulam pela via, embora esta obrigação seja da concessionária Ecovias, responsável pela estrada.”

Esta é a segunda vez que a Prefeitura de São Bernardo recorre à Justiça para garantir melhorias na Via Anchieta. No mês passado, o município entrou com ação civil pública para cobrar segurança viária em três saídas da rodovia para o município. Neste caso, a Justiça também indeferiu o pedido.

A situação, no entanto, tem sido discutida entre a Prefeitura e a Ecovias.

OUTRO LADO
Segundo a Ecovias, os serviços para restabelecimento da iluminação da Via Anchieta já foram iniciados pela Eletropaulo. A empresa realiza atualmente escavações para a implantação dos postes de energia. Por meio de nota, a Eletropaulo afirma que previsão é que o serviço seja concluído em outubro.
Por: Daniel Macário - Diário do Grande ABC