MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
Estádio de Mauá passa por reformas para atender exigências da Federação Paulista
PRÓXIMA NOTÍCIA
Polícia investiga a morte de dois homens em casa abandonada
terça-feira, 7 de agosto de 2018
Duas cidades ficam sem água amanhã
Problema vai atingir cerca de 770 mil moradores de Santo André e Mauá, entre as 7h e 23h. Foto: Denis Maciel/DGABC
Serviços de manutenção realizados pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de São Paulo) vão deixar cerca de 770 mil pessoas sem receber água amanhã, entre as 7h e 23h. Ao todo, 219 bairros de Santo André e Mauá (veja lista completa no Diário Online) serão afetados, o que corresponde a aproximadamente 70% da população total de cada município. A orientação da companhia é para que toda a população economize água, pois o abastecimento não chegará às torneiras de 30% da população total da região – estimada em 2,7 milhões de habitantes.

Em Santo André, a Sabesp, que fornece 95% da água consumida no município, deixará 470 mil pessoas sem abastecimento. A companhia efetuará manutenção em vazamentos no aqueduto de água bruta, nas tubulações e em canal de uma estação de tratamento de água do Sistema Rio Claro. O procedimento também deve afetar o abastecimento de Ribeirão Pires, portanto, a Sabesp solicita economia de água aos moradores do município.

De acordo com a companhia estadual, os trabalhos devem começam por volta das 8h e se estender até as 18h. A normalização do fornecimento de água, no entanto, deve ocorrer somente na madrugada de sexta-feira. Durante as intervenções, não receberão água ou terão intermitência no abastecimento os reservatórios Camilópolis, Clube de Campo, Curuçá, Erasmo Assunção, Gerassi, Gonzaga, Miami, Miguel Ângelo, Nações, Progresso, São Jorge, Vila Suíça e Vila Vitória, em Santo André.

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) recomenda que os moradores façam uso racional da água, sendo importante manterem reservação adequada por meio de suas caixas d’água.

Já em Mauá, aproximadamente 300 mil pessoas serão afetadas. A Sabesp vai realizar reparos emergenciais corretivos em uma adutora da ETA (Estação de Tratamento de Água) Casa Grande. Os trabalhos estão previstos para iniciar às 7h. A retomada e normalização do abastecimento serão gradativas, a partir das 23h. No entanto, pode haver intermitência nos pontos mais altos da cidade. A Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá) vai disponibilizar caminhões-pipa para garantir o abastecimento dos serviços essenciais, como UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e creches.

O Sistema Alto Tietê, que abastece a zona baixa, funcionará normalmente, garantindo o abastecimento dos polos petroquímico e industrial e região central da cidade.
Por: Bia Moço - Diário do Grande ABC