MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
Alaíde decide demitir Andreia, última pró-Atila no secretariado
PRÓXIMA NOTÍCIA
Admir Jacomussi solicita esclarecimentos jurídicos ao Executivo
quinta-feira, 12 de julho de 2018
Frente fria mantém temperaturas baixas na região até fim de semana
Massa de ar frio e nebulosidade causaram quedas bruscas de temperatura na Grande São Paulo. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as mínimas de temperatura devem permanecer baixas, mas as máximas sobem até o fim de semana.

Cidades da Grande São Paulo registraram mínima de 11ºC na tarde de ontem, incluindo o Grande ABC. A mínima pode ficar abaixo dos 10°C em alguns bairros, com a máxima oscilando entre 14°C e 15°, mostrando queda acentuada em relação aos últimos dias, quando a média foi de 23°C na hora do almoço. Porém, as temperaturas devem voltar a subir gradualmente a partir de hoje, com previsão de máxima de 25°C para o fim de semana.

O clima frio e a baixa umidade fazem com que o alerta para doenças respiratórias suba. Segundo a gestora do curso de Farmácia da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), Cristina Vidal, esta época do ano é marcada pelo aumento de doenças como rinite, sinusite e bronquite. “Os poluentes presentes no ar não se dissolvem pela falta de chuva e acabamos respirando-os mais. E, com a tendência de as pessoas esquecerem de se hidratar pelo frio, acaba ressecando as mucosas do nariz e garganta, causando as irritações.”

Por isso, o recomendado para evitar uma visita ao pronto-socorro é lembrar de beber muita água, além de cuidar da higiene das mãos e procurar evitar lugares muito fechados, onde os vírus são mais transmitidos. “Normalmente se contrai uma doença por contágio de pessoas já doentes. Lugares mais fechados favorecem a aglomeração”, diz Cristina.

TARDE MAIS FRIA

A combinação da falta do sol e a frente fria que chegou no fim de semana derrubou a temperatura na Capital, que registrou a tarde mais fria do ano ontem, chegando aos 11ºC na Zona Sul, com sensação térmica de 8ºC. Segundo a previsão do Climatempo, por causa da massa de ar polar a cidade deve registrar recorde de frio nos próximos dias, assim como outras cidades do Estado até o fim desta semana. O recorde atual é de 9,3ºC, registrado no dia 21 de maio.
Por: Juliana Stern - Especial para o Diário