MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
Rafinha Bastos se apresenta em Mauá com seu novo solo ''Últimas Palavras''
PRÓXIMA NOTÍCIA
Contato com lagarta pode causar hemorragia e até matar?
sexta-feira, 9 de março de 2018
Região investiga 11 casos suspeitos de febre amarela
Campanha de imunização segue nos sete municípios do Grande ABC até o dia 16. Foto: Denis Maciel/DGABC
Municípios do Grande ABC investigam ao menos 11 casos suspeitos de febre amarela notificados nas últimas semanas. Desses, seis são de moradores de São Bernardo, três de Ribeirão Pires e dois de Santo André.

Em balanço divulgado ontem, prefeituras afirmam que todos os casos aguardam as análises de exames pelo Instituto Adolfo Lutz, na Capital. Não foram detalhados, no entanto, prazos para a entrega dos resultados.

Até o momento, nove moradores do Grande ABC foram infectados pelo vírus, sendo que dois deles morreram. Um em Santo André e outro em Ribeirão Pires, ambos contaminados em Atibaia e Mairiporã, respectivamente.

O único caso autóctone, ou seja, contraído dentro da cidade, foi em São Bernardo, onde também existe outro registro importado. Há ainda um paciente contaminado em Santo André e um em Diadema.

Devido ao aumento de casos da doença e aos baixos índices de imunização do público-alvo (pessoas que residem em áreas de risco), a Secretaria de Estado da Saúde prorrogou até o dia 16 a campanha de vacinação contra a febre amarela.

Com a medida, até semana que vem 130 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da região continuarão a fornecer proteção contra o vírus, das 8h às 17h.

Em Santo André, até ontem, 248.093 mil pessoas tinham sido imunizadas. O índice equivale a 39,81% do público-alvo.

No município de São Bernardo, segundo a Prefeitura, já foram vacinadas 350.876 pessoas. Em Ribeirão Pires este índice é de 36.688 moradores imunizados. Demais prefeituras não divulgaram balanço da campanha ontem.
Por: Daniel Macário - Diário do Grande ABC