MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
São Caetano é selecionado para o Avançar Cidades
PRÓXIMA NOTÍCIA
Idoso é atropelado e morto por caminhão em marcha ré em São Bernardo
segunda-feira, 8 de janeiro de 2018
Passagens de trem e Metrô sobem para R$ 4
Hoje é o primeiro dia útil com reajuste de 5,26% acordado entre governo e Prefeitura de São Paulo. Foto: Google Imagens
Hoje é o primeiro dia útil com novos preços das passagens do Metrô, das composições da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e dos ônibus na Capital, que entraram em vigor ontem. Os bilhetes foram reajustados pelo governo do Estado e pela Prefeitura de São Paulo em 5,26% – passaram de R$ 3,80 para R$ 4. O aumento havia sido aprovado no fim de dezembro, em reunião do governador Geraldo Alckmin com o prefeito de São Paulo, João Doria, ambos do PSDB.

A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos argumentou que o aumento das tarifas básicas ficou abaixo da inflação acumulada desde a última correção, em janeiro de 2016, que foi de 9,25%. Caso fosse aplicado o reajuste de forma integral, a passagem básica subiria para R$ 4,14. No entanto, a inflação oficial de 2017 será confirmada nesta semana e deve ficar abaixo dos 3%, assim como a taxa na cidade de São Paulo, que no ano passado registrou a menor marca em 19 anos, com 2,27%.

Por meio de nota, o governo informou que foram feitos reajustes “para adequar a receita ao custo dos sistemas. Durante o ano de 2017, a tarifa básica se manteve inalterada, graças a esforço conjunto da prefeitura e do governo do Estado, para não impactar no orçamento dos cidadãos que dependem do transporte público”. A manutenção do preço das passagens na Capital foi uma das promessas de campanha do prefeito João Doria.

O comunicado informa ainda que não haverá mudança no sistema de gratuidades para idosos, estudantes e desempregados. Em 2017, 312 milhões de passageiros foram beneficiados, o equivalente a mais de R$ 2 bilhões. (com Agências)
Por: Anderson Fattori - DIário Online