MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
Mauá Plaza Shopping anuncia expansão e novas operações para 2018
PRÓXIMA NOTÍCIA
São Caetano é selecionado para o Avançar Cidades
sexta-feira, 5 de janeiro de 2018
Projeto ‘'Verão no Parque'’ oferece foodtrucks e muitas atividades
Parque Central. Crédito: Júlio Bastos/PSA
Ação que visa ocupar os espaços dos parques públicos de Santo André acontece a partir deste sábado em seis locais e vai até o início de março

Os parques de Santo André terão novos atrativos a partir deste sábado (6). Seis parques da cidade farão parte do projeto “Verão no Parque” e passarão a contar, até dia 6 de março, com dezenas de foodtrucks, bikefoods e barracas, que venderão salgados, doces, gelados e bebidas.

O Parque Central, na Vila Assunção, é o que oferecerá maior número de opões. Com 18 comerciantes no espaço, o local funciona das 6h às 20h e contará com barracas e foodtrucks que oferecem de hambúrgueres à sorvetes. Outro destaque é o Parque Celso Daniel, no bairro Jardim, que contará com 14 comerciantes. O espaço funciona das 6h às 24h e terá como diferencial bikefood e comércio de bolas e balões, além dos alimentos e bebidas. Também terá comércio regularizado nos parques Antônio Pezzolo, na Vila Metalúrgica; Regional da Criança, no Jaçatuba; Parque da Juventude, no Jardim Ipanema; e Antônio Fláquer (Ipiranguinha), no Centro.

Além da venda de produtos, os parques continuarão com sua lista de programação de atividades gratuitas. Neste domingo (7), o Parque Central oferecerá aulas de yoga, das 9h às 10h. No próximo dia 12, o Parque Regional da Criança apresentará para as crianças o lançamento do Livro Vivo - Para Brincar, das 10h às 16h. Do dia 13 até dia 28, o Parque Celso Daniel receberá a exposição Mundo Artrópode, das 9h às 16h.

O projeto-piloto “Verão no Parque” visa ocupar os espaços dos parques públicos da cidade e atrair maior número de visitantes durante o verão. A ação funcionará em caráter experimental e visará a exploração dos parques municipais, no primeiro trimestre do ano, como forma de entretenimento e lazer para os munícipes, além de incentivar os comerciantes. Vale ressaltar que somente foi permitido o credenciamento de pessoas físicas e jurídicas que comprovadamente exerçam atividades de comercialização de alimentos e bebidas não alcoólicas, de acordo com as especificações procedidas e que detenham documentação válida junto aos órgãos competentes.
Por: Renan Muniz de Sales - PMSA