MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
NOTÍCIA ANTERIOR
Camelôs denunciam truculência em Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
Menino desaparecido de Mauá foi visto em supermercado
quinta-feira, 2 de agosto de 2007
Vazamento da Sama inunda casa no Paranavaí
Torcer panos, passar o rodo por toda a casa e esvaziar baldes. Desde a última sexta-feira, esta é a rotina da dona-de-casa Maria Elisa Alves Barbosa, 35 anos, que teve a casa inundada por conta de um vazamento de água.

Moradora do Jardim Paranavaí, em Mauá, ela entrou em contato com a Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), mas, até ontem, ainda não tinha solucionado o problema.

Elisa relata que desde o fim de semana os técnicos da autarquia visitam sua casa para tentar encontrar a origem do vazamento. No entanto, anteontem, quando a reportagem esteve no local, a família relatou que ninguém havia aparecido para retomar os serviços. “Eles prometeram voltar e até agora, nada”, diz Elisa.

O nível de água nos cômodos chega a 10 centímentros. A água tomou conta da sala, de um quarto e ameaça invadir a cozinha.

“Estou perdendo meu guarda-roupa e os sofás”, conta. “Pela manhã, as crianças vão pegar uma roupa, às vezes cai no chão e, claro, molha tudo”, lamenta.

Por causa dos transtornos, Elisa já registrou dois boletins de ocorrência contra a Sama.

Problema
De acordo com Elisa, esta não é a primeira vez que o problema atinge sua casa.

A moradora mostrou sua calçada toda quebrada e dois buracos feitos no asfalto da Estrada Adutora Rio Claro, em frente a casa. “Eles quebram, quebram e não encontram o problema”, reclama.

Em nota, a Sama informou que enviará uma equipe para executar o serviço de geofonamento. A autarquia garante que esse processo permite detectar vazamentos com maior precisão.
Por: Isis Mastromano Correia - Especial para o Diário