MAUÁ NEWS
NOTICIÁRIO DA CIDADE DE MAUÁ E REGIÃO
FORAM ENCONTRADAS 29 NOTÍCIAS EM 2 PÁGINAS SOBRE "DERSA"
sexta-feira, 25 de novembro de 2016
MTST cobra da Dersa terreno prometido em Mauá
Famílias cobram compromisso da Dersa sobre terreno em Mauá. Foto: Divulgação
Integrantes de ocupação no ABCD se manifestaram na sede da empresa contra não cumprimento de acordo Famílias de diversas ocupações da Região ligadas ao MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) se reuniram na manhã desta quinta-feira (24/11) na frente da sede da Dersa (desenvolvimento Rodoviário S/A), na Capital, para cobrar o repasse de posse da área onde estava instalada a ocupação Oziel Alves, em Mauá. O imbróglio entre movimento e a estatal desenrola desde o ano passado, quando os ocupant... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Renan Fonseca - ABCD Maior

segunda-feira, 12 de setembro de 2016
MTST e Dersa assinam acordo para terreno em Mauá
Projeto habitacional deve ser financiado pelo Minha Casa Minha Vida Entidades. Foto: Andréa Iseki
Movimento deve receber no próximo dia 21 a posse do terreno que deu origem à ocupação Oziel Alves Projeto habitacional deve ser financiado pelo Minha Casa Minha Vida Entidades. Foto: Andréa Iseki No próximo dia 21, representantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e da Dersa (Desenvolvimento Rodoviários S/A) devem assinar o termo de repasse de terreno para construção de 1,6 mil moradias às margens do Rodoanel Mário Covas, em Mauá. O projeto habitacional para o local também foi concl... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Renan Fonseca - ABCD Maior

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016
Grupo de sem-teto consegue terreno da Dersa em Mauá
Margarida se livrou do aluguel e montou um barraco na ocupação que agora vai virar um conjunto de moradia popular. Foto: Andréa Iseki
Assinatura da cessão do local será realizada na terça-feira; Caixa Econômica vai financiar a obra As famílias da ocupação Oziel Alves já estão limpando o terreno no Jardim Oratório, em Mauá, com esperança de sair das barracas para futuramente retornar para os apartamentos prontos. Na terça-feira (26/01), a Dersa vai assinar a cessão do terreno ao MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), acompanhados por representantes da Caixa Econômica Federal. No mesmo dia, o movimento definirá a data de ... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Jessica Marques - ABCD Maior

sexta-feira, 29 de maio de 2015
Dersa pede reintegração de posse de área no Jardim Oratório
A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) informou ontem já ter tomado as medidas legais cabíveis para recuperar a posse de área que disse ter exatos 243 mil m², localizada na Rua Rondônia, no Jardim Oratório, em Mauá. O local está ocupado por cerca de 2.500 famílias do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), que vivem desde sábado em barracos de madeira cobertos com sacos plásticos. O terreno em questão, de acordo com a Dersa, é remanescente das desapropriações necessárias para a implantaç... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Diário do Grande ABC

quinta-feira, 28 de maio de 2015
MTST ocupa terreno da Dersa às margens do Rodoanel, em Mauá
Ocupação, que fica às margens do anel viário, começou com 500 barracas e já quadruplicou, de acordo com o movimento. Foto: Rodrigo Pinto
Movimento fala em 2 mil famílias na ocupação de área de 200 mil metros quadrados A jovem Fabiana Marques comprava remédios para tratar a bronquite da filha mais nova, Camile, de apenas dois anos, quando soube que naquela madrugada os sem teto ocupariam um terreno às margens do Rodoanel. Sem saber mais detalhes e com duas filhas pequenas no colo, Fabiana seguiu rumo ao mais recente acampamento erguido pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), uma área ociosa de mais de 200 mil metros qua... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Nicole Briones - ABCD Maior

sábado, 5 de julho de 2014
Mauá permuta áreas com a Dersa
Projeto para conjunto habitacional no Kennedy será aprovado junto à Prefeitura de Mauá. Crédito: Evandro Oliveira
Terrenos cedidos pela Prefeitura serão utilizados na construção unidades habitacionais para reassentamento de famílias e construção de estação elevatória de esgoto Na tarde da quinta-feira (3), o prefeito Donisete Braga assinou Termo de Permuta de Áreas com a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A). O ato foi realizado na sede da Dersa, em São Paulo, e teve participação da chefe de Gabinete de Mauá, Ruzibel Sena de Carvalho, do gerente de Gestão Social da Dersa, Luciano Dias Lourenço, do preside... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: PMM - Redação

quarta-feira, 2 de julho de 2014
Dersa e Mauá assinam permuta para construção de habitações
Imagem Ilustrativa. Foto: jornalmauaregiao.com.br
A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) e a Prefeitura de Mauá assinam hoje, no Palácio dos Bandeirantes, permuta de terrenos no município para a construção de unidades habitacionais destinadas às famílias removidas para a construção do Complexo Viário Jacu-Pêssego. A Dersa cederá ao município dez terrenos de sua propriedade, que perfazem 6.340 metros quadrados, para abrigar estação elevatória do serviço municipal de água e esgoto. Em contrapartida, a Prefeitura dará área de 27.372 metros quad... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Diário Online - Redação

sexta-feira, 16 de maio de 2014
Dersa não faz compensação do trecho do Rodoanel em Mauá
Integração entre a Queiroz Pedroso com a João Valin deveria estar pronta em 2011. Foto: ABCD Maior
Ligação entre a avenidas está há três anos na promesssa Após quatro anos da inauguração do trecho Sul do Rodoanel, moradores dos bairros Vila Noêmia e Vila Assis, em Mauá, ainda aguardam uma das obras de compensação do viário. A interligação entre a avenida Queiroz Pedroso com a rua João Varin deveria ter sido entregue em agosto de 2011 pela Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S. A.), mas até agora não saiu do papel. Sem a obra, os moradores da Vila Assis que precisam seguir até a avenida Queiro... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Claudia Mayara - ABCD Maior

terça-feira, 8 de outubro de 2013
Mauá assina convênio com Dersa sobre Rodoanel Sul
Donisete Braga durante encontro com o governador do Estado no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo. Foto: Divulgação/Roberto Mourão
Com a inclusão de obras já realizadas o valor total das compensações é de R$ 10.266,586 A Prefeitura de Mauá assinou nesta segunda-feira (07/10) convênio de compensação ambiental com a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) no valor de R$ 7,7 milhões, destinados a obras de redução de impacto e de riscos e de compensação ambiental, por conta da construção do Rodoanel Sul. A cerimônia ocorreu no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo e contou com as presenças do prefeito de Mauá, Donisete Braga, ... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: ABCD Maior - Redação

quarta-feira, 21 de novembro de 2012
Dersa concluirá viadutos em 15 dias
Os viadutos em construção no bairro Capuava, divisa de Santo André e Mauá, serão concluídos nos próximos 15 dias, informa a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.). Os elevados farão a ligação da Avenida Jacu-Pêssego com a Avenida dos Estados. O investimento é de R$ 624 milhões. A construção teve início em junho, mas a novela do projeto já dura 21 anos. Fundamental para desatar o nó viário na área, o item esteve várias vezes em pauta no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Até mesmo o minist... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Fábio Munhoz - Diário do Grande ABC

sábado, 28 de janeiro de 2012
Mauá aponta deficiência do Dersa
Sistema não comporta o volume de água das chuvas. Foto: Amanda Perobelli
Obras de compensação do Rodoanel apresentam problemas A Prefeitura de Mauá encaminhou ofício ao Dersa (Desenvolvimento Rodoviário) que aponta problemas nas obras de compensação do trecho Sul do Rodoanel Mário Covas, além de alagamentos em trecho da Jacu-Pêssego provocados por deficiência no sistema de drenagem. O secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira dos Santos, afirmou que os problemas se agravaram após o período de fortes chuvas nas últimas semanas. Um trecho da pista Sul (sentid... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Rodrigo Bruder - ABCD Maior

sexta-feira, 4 de novembro de 2011
Dersa atrasa entrega obra de alça do Rodoanel em Mauá
A entrega das obras da segunda etapa do complexo Jacu-Pêssego, em Mauá, está atrasada em cerca de dois meses. As intervenções viárias têm o objetivo de melhorar a ligação entre a avenida e o Rodoanel, além de facilitar o acesso da população do município ao anel viário. No início do ano, os serviços foram paralisados após a posse do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que solicitou a revisão dos contratos firmados na gestão anterior, do também tucano José Serra. Após o impasse, a construção foi r... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Fábio Munhoz - Diário do Grande ABC

quinta-feira, 10 de março de 2011
Dersa retoma obra de alça do Rodoanel
O reinício das obras da alça de acesso ao Trecho Sul do Rodoanel, no Centro de Mauá, foi antecipado. Inicialmente, a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.), responsável pela intervenção, havia divulgado que retomaria os trabalhos apenas na terça-feira, dia 15. No entanto, a equipe do Diário esteve no canteiro de obras na tarde de ontem e constatou a presença de operários executando suas funções normalmente. O número de trabalhadores, no entanto, ainda é inferior ao contingente que estava no lo... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Fábio Munhoz - Diário Online

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010
Dersa quebra vias em Mauá e não faz conserto
Dois meses após a inauguração do prolongamento Papa João 23/ Jacu-Pêssego, em Mauá, que faz o acesso do trecho sul do Rodoanel à zona Leste da Capital, transversais da via que ficaram deterioradas com as obras seguem danificadas. Os acessos eram usados pelos caminhões da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), o que comprometeu a malha viária. O governo do Estado não dá sinais de que irá reparar o estrago tão cedo. A avenida Ayrton Senna, que liga o prolongamento Jacu-Pêssego ao Centro, está i... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Carol Scorce - ABCD Maior

domingo, 28 de novembro de 2010
Dersa pressiona morador a deixar casas
Inaugurada em 16 de outubro, a intervenção viária que estendeu a avenida Jacu-Pêssego e a interligou com a Papa João 23, em Mauá, continua trazendo transtorno e incertezas aos moradores do Jardim Oratório. Cerca de 150 famílias que já deveriam ter deixado o local tiveram as casas interditadas pela Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) e moram agora em meio aos escombros de casas vizinhas. A companhia do governo do Estado é responsável pela obra. Após a obra, problemas antigos do núcleo, como e... LEIA MAIS
Artigo publicado originalmente por: Carol Scorce - ABCD Maior
PRÓXIMA PÁGINA ÚLTIMA PÁGINA